Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Translate us (traduza-nos)

Pesquisar neste blog

Carregando...

Inscreva-se e siga nossa newsletter

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Pessoas e atitudes



                      O mundo pareceu tomado de assalto pela recente eleição do empresário Donald Trump, para presidente dos Estados Unidos da América. Ainda não foi desta vez que elegeram uma mulher para chefe do executivo daquele país. Entretanto, este resultado não deve surpreender tanto, levando-se em conta que o modelo democrata de governo já se encontra desgastado, e a economia interna do país, prejudicada. Muitas indústrias que atuavam em território americano fecharam as portas e migraram para nações consideradas mais atraentes, dos pontos de vista fiscal e estrutural, deixando muitos trabalhadores americanos desempregados.

domingo, 6 de novembro de 2016

Integração



                      Agora que as nossas eleições municipais cessaram, embora suas repercussões ressoem ainda por muito tempo, voltemos a repensar o futuro do Brasil. Na verdade, o Jardim das Garrafas Digitais nunca parou de fazer isso, apesar das pausas e das aparentes ausências.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

O que somos???




Naquele tempo: Os apóstolos disseram ao Senhor: 'Aumenta a nossa fé!'. O Senhor respondeu: 'Se vós tivésseis fé, mesmo pequena como um grão de mostarda, poderíeis dizer a esta amoreira: `Arranca-te daqui e planta-te no mar', e ela vos obedeceria. Se algum de vós tem um empregado que trabalha a terra ou cuida dos animais, por acaso vai dizer-lhe, quando ele volta do campo: 'Vem depressa para a mesa?' Pelo contrário, não vai dizer ao empregado: 'Prepara-me o jantar, cinge-te e serve-me, enquanto eu como e bebo; depois disso tu poderás comer e beber?'. Será que vai agradecer ao empregado, porque fez o que lhe havia mandado? Assim também vós: quando tiverdes feito tudo o que vos mandaram, dizei: 'Somos servos inúteis; fizemos o que devíamos fazer'.' 
Lucas 17, 5-10

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Trem bão



          Ilustramos a postagem de hoje com uma canção do Trem da Alegria, grupo musical infantil que fez sucesso na década de 1980, não apenas por ser o Dia da Criança, mas também porque esta música tem algo a ver com a mensagem principal que pretendemos passar. Hoje, queremos dizer que democracia é bom, porém excesso de democracia, por meio de pluripartidarismo e de demagogia, pode transformar liberdade em libertinagem política, dar margem ao surgimento de uma ditadura ideológica de uma minoria e predispor ao abuso de poder por parte desta.