Missão

Nossa missão: Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Display

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Translate us (traduza-nos)

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Lição moral bastante atual

Lição moral bastante atual

segunda-feira, 21 de janeiro de 2019

O tempo nosso de cada dia



                  Saindo da academia, após cancelar matrícula, o sujeito esteve pensando acerca dos motivos que o levaram a tomar tal decisão, sendo o principal, como sempre, a desculpa de que não tem mais tempo para atividade física. Entretanto, aquela academia dispunha de várias filiais distribuídas pela cidade, que funcionavam em horários expandidos, inclusive nos finais de semana e nos feriados. E seu plano lhe dava direito a treinar eventualmente em qualquer uma delas, conforme conveniência. Refletindo um pouco mais, o sujeito perceberia que o mesmo raciocínio se aplicaria em outras searas de sua vida onde ele alegaria também não ter tempo de atuar mais. 


                  Aqui cabe perguntar: o problema é apenas falta de tempo mesmo ou seria, na verdade, má administração do tempo??? Você tem quantos anos de idade, que mal pergunte??? Já se perguntou quanta coisa interessante já fez ou deixou de fazer, ao longo de todos esses anos??? Já pensou que poderia ter ido bem mais longe, se tivesse aproveitado melhor seu tempo e os recursos que já lhe foram disponibilizados??? 


                  Se pudesse revisar todo o tempo transcorrido de vida, até agora, certamente encontraria muitas lacunas com extensões variadas, desde segundos, passando por minutos, horas, dias, semanas ou meses, até anos. Buracos abertos no seu tempo que atrasaram a realização de tarefas, devido às procrastinações, sempre com alguma desculpa para ir adiando e empurrando com a barriga a conclusão de algum projeto, dia após dia, e também devido à falta de foco, que o levava sempre a desviar a atenção e perder o rumo. Ou porque desanimou e desistiu do que fazia, algumas vezes, ou porque simplesmente quis abarcar o mundo com as pernas.


                   Não se desespere. O tempo que se foi já foi. Você ainda tem muito tempo pela frente, e é possível aproveitá-lo melhor, de agora em diante. Tenha um restante de semana, um restante de mês e um ano quase inteiro pela frente mais frutíferos. 




---X---



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Correio

Carregando comnetários... Comment Box by Codigos para blog