Viva São João!!!

Viva São João!!!
Felizes Festas Juninas.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

sábado, 10 de maio de 2014

O sal negro do norte


                           Durante aquela viagem terrestre ao Rio Grande do Norte que mencionei, além da extensa paisagem verde ao longo do caminho, apesar de o Nordeste estar enfrentando ainda uma escassez de chuva, observei também algo que nunca tinha visto pessoalmente antes: muitos campos de exploração de petróleo com seus cavalos mecânicos trabalhando sem parar, principalmente ao longo da rodovia que liga Aracati(CE) à Mossoró(RN), a BR 304.

                           À despeito disso, chegando à Natal, percebi que havia um descontentamento geral da população com os preços dos combustíveis. Apesar de o Rio Grande do Norte figurar entre os maiores produtores de petróleo do Brasil, os preços dos combustíveis figuram entre os mais caros do país. O litro de gasolina por lá não sai das bombas por menos de R$ 2,89, embora a maioria dos postos de combustíveis que avistei estejam vendendo por quase R$ 3,00. Enquanto isso, em Fortaleza, é possível comprar a mesma quantidade do produto por R$ 2,80. No entanto, Fortaleza esteve recentemente sob a ameaça de desabastecimento de combustíveis, haja vista o porto de Mucuripe, em Fortaleza, onde é armazenado quase todo o suprimento de combustíveis que chega ao Ceará e a partir de onde ele é distribuído, já não mais ter capacidade de armazenamento suficiente para atender à demanda. Não sei o que poderia explicar esta situação. Os dois Estados produzem petróleo, mas nenhum deles conta ainda com uma refinaria.


                           Então, o sindicato que congrega os proprietários de postos de combustíveis do Rio Grande do Norte, o SINDIPOSTOS-RN, iniciou uma campanha na mídia a fim de esclarecimento público acerca da composição do preço da gasolina, justificando-se e tentando se inocentar dos valores cobrados. Segundo eles, a carga tributária imposta pelo poder público teria peso muito relevante na oneração dos combustíveis e diminuiria os rendimentos no comércio. As entidades congêneres de outros Estados, inclusive do Ceará, deveriam fazer o mesmo, a fim de cumprirem seus papéis sociais, vindo à público prestar esclarecimentos e pedir a compreensão e o apoio da população.
                          

                           
************



Nenhum comentário:

Postar um comentário