Missão

Nossa missão: Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Display

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Translate us (traduza-nos)

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Lição moral bastante atual

Lição moral bastante atual

sábado, 11 de outubro de 2014

Aonde é que vamos parar



                      Um vereador de Fortaleza que tornou-se amplamente conhecido pelo povo fortalezense, devido ao seu apelido peculiar e sua origem humilde, e que obteve votação expressiva, no pleito municipal de 2012, já vinha sendo investigado pela suposta aquisição de meia dúzia de imóveis em uma área valorizada de Fortaleza, sob condições obscuras. Mais recentemente, o parlamentar foi preso, sob acusação de se apropriar indevidamente do salário de um assessor seu.


                      Trata-se de um fato lamentável e que nos envergonha diante da nação. Mais uma vez, o Ceará torna-se motivo de piada para a mídia nacional. Lamentamos como cidadãos, como cristãos e como seres humanos que uma pessoa de origem humilde, um ex - entregador de píteça, morador da periferia, após ter recebido votos de confiança de sua comunidade, tenha aparentemente se deixado corromper, em tão pouco tempo, com sua ascensão social.

                      Aonde é que ele está com a cabeça, se é que ele realmente fez as coisas das quais o acusam??? Especula-se que ele tenha sido um tanto ingênuo e imprudente, acreditando, assim como a maioria dos brasileiros também acredita, que todos os políticos podem dispor das verbas públicas que passam por suas mãos da maneira que lhes convêm, e que assim o fazem, e acreditou que também poderia fazer o mesmo, porque não daria em nada. Em suma, como um político de carreira em cargo eletivo, ele deve ter procurado adquirir maus hábitos que todo mundo pensa que outros políticos na mesma situação têm e que todo mundo considera normal. Além disso, ele não pode ser culpabilizado sozinho. Há indícios de que o próprio parlamento seria responsável por muitos gastos indevidos dos parlamentares, especialmente com passagens aéreas.

                      Surpreende o fato de que cada vez mais pessoas estão sendo presas, Brasil afora, por envolvimentos em crimes do colarinho branco. Nosso vereador, por exemplo, encontra-se preso, há duas semanas, sem direito à regalias. Até agora, nada indica que este caso vai terminar em píteça para ele, como terminou para muitos outros políticos acusados de corrupção, até agora. Ele está recebendo um castigo exemplar e deve ter feito por onde merecê-lo, se for mesmo culpado. Nem parece que estamos no Brasil, mas alguém acredita que ele ainda estaria preso, se ele fosse um peixe grande ou tivesse algum padrinho político forte que não o deixasse encostado numa delegacia???

                      De qualquer maneira, não podemos julgá-lo assim, de primeira e tão frontalmente, até porque não conhecemos todas as nuanças necessárias ao bom entendimento do caso. Talvez nem as autoridades que estão investigando o caso as conheçam. Esperamos, se ele for inocente das acusações ou apenas foi utilizado como uma peça de engrenagem pequena para uma máquina maior, que ele consiga provar logo sua inocência e limpar seu nome.






************





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Correio

Carregando comnetários... Comment Box by Codigos para blog