Viva São João!!!

Viva São João!!!
Felizes Festas Juninas.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 27 de abril de 2014

Queda de braço


                    Você deve ter ouvido falar de um suposto caso de corrupção recentemente descoberto na Petrobras, envolvendo a compra de uma refinaria de petróleo por parte da estatal fora do Brasil. Reza a lenda que, há alguns anos, a Petrobras adquiriu uma refinaria de segunda mão nos Estados Unidos, por um pagamento bastante superior ao seu valor real de mercado. À época, quem presidia o conselho administrativo da empresa e deu o aval para o fechamento do negócio foi a atual Presidente da República, a senhora Dilma Rousseff, que se justificou recentemente, dizendo que aquela sua decisão teria sido embasada em um relatório técnico qualificado como "falho".



                    Duas coisas importantes chamam a atenção neste caso. Uma delas é o fato de que a descoberta daquela negociação aparentemente superfaturada seria apenas a gota de água, ou de petróleo, como preferir, porque seria apenas um primeiro indicativo de que a Petrobras, nossa maior, mais respaldada e mais tradicional empresa estatal, e que já chegou a figurar entre as vinte maiores empresas do mundo, estaria sendo mal administrada e, por conta disso, acumulando dívidas e prejuízos que a puseram na berlinda, de tal forma que ninguém podia imaginar a Petrobras nesta situação um dia.  


                    Outra coisa importante a observar é que os partidos de oposição estão se mobilizando pela instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), no Congresso Nacional, a fim de investigar as irregularidades na gestão da estatal. Assim, a oposição chegou ao ponto de recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), a fim de pressionar o Senado a criar a referida CPI.


                    Vejam a que ponto chegamos. Os três poderes maiores da nação deveriam ser independentes, mas note que há uma intervenção do Poder Judiciário no Legislativo, o que jamais deveria acontecer. Numa democracia idônea e com parlamentos idôneos, o certo seria os próprios parlamentares se reunirem em uma plenária, votarem e decidirem entre eles mesmos uma questão tão delicada como essa, por exemplo.


                    No entanto, como já é sabido, cada um só pensa no seu. Enquanto uns preferem forçar a barra, apelando para a arbitragem externa, outros querem ampliar o escopo da CPI, dando-lhe um tom revanchista, pois querem que ela seja mista e investigue também irregularidades em licitações para obras no metrô de São Paulo, por exemplo, obras de responsabilidade da oposição, que também não tem tanta moral para criticar o governo atual.


                    Um ex-presidente da República, filiado à um partido oposicionista, teria declarado que a Petrobras "virou bagunça", depois que ele deixou o cargo, há onze anos. Virou bagunça mesmo, sob a égide da esquerda, ou já era uma bagunça bem antes disso, numa época em que o Estado quase se esfarelou, com tantas privatizações que quase levaram embora a Petrobras também, que quase foi rebatizada como Petrobrax, antes de ser vendida???



************



Nenhum comentário:

Postar um comentário