Missão

Nossa missão: Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Display

FELIZ PÁSCOA!!!

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Translate us (traduza-nos)

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

sexta-feira, 17 de maio de 2019

Maternidade e santidade



            Como maio é mês das mães, de Nossa Senhora, que é a Mãe Maior, pelo menos para os católicos, e das noivas, torna-se pertinente a seguinte reflexão: Por que muitos de nós reverenciamos a imagem de uma mulher coberta por um véu, dos pés à cabeça, considerada como portadora de propriedades santas, por estar em profunda comunhão com Deus, ao ponto de ser considerada também a mãe Dele e, consequentemente, de toda a humanidade???


            A canção Let it be, uma das últimas produzidas pelos Beatles, pouco antes da dissolução da banda, foi composta por Paul McCartney e inspirada num sonho que ele teve com sua mãe, que faleceu, quando ele tinha 14 anos. A letra diz que, quando alguém está com problemas, Mãe Maria vem à ele para confortá-lo com palavras de sabedoria, deixando as coisas estar e passar. É mais ou menos isso que faria Nossa Senhora por cada um de nós, considerando-nos a todos como seus filhos. 


            Tudo deve ser inspirado na importância dada a mulher, principalmente quando alçada ao papel de mãe, em diversas culturas e contextos semelhantes, especialmente quando associamos maternidade e santidade, porque vemos nossas mães, em geral, como mulheres fortes, batalhadoras e perfeitas.


            Bom final de semana e bom restante de mês a todos. Que Ela continue cobrindo de bênçãos, graças e misericórdias as vidas de todos.




---X---



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moral da história

Moral da história