Viva São João!!!

Viva São João!!!
Felizes Festas Juninas.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

sábado, 4 de abril de 2015

A cruz de cada ombro



                      Neste final de Semana Santa, cabe aqui uma reflexão a mais que justificaria a publicação extraordinária desta postagem. Sabemos que Jesus Cristo agarrou Sua cruz e carregou-a, inicialmente sozinho, depois com ajuda de Simão de Cirineu, até o Calvário, grosso modo, com alguma satisfação, pois sabia que tinha uma missão a cumprir.

                      Antes disso, Ele já havia dito que cada um de nós também tem a sua própria cruz para carregar mundo afora, que, por sinal, são cruzes mais leves que a Dele. Essas cruzes são as dificuldades inerentes à própria existência humana. Ele conclamou cada um a pegar a própria cruz e segui-Lo. Ele disse cada um pegar sua cruz, e não suas cruzes ou cruzes dos outros, embora Ele espere que sejamos fraternos, que nos auxiliemos mutuamente, dentro de nossas possibilidades, e que, acima de tudo, nos amemos uns aos outros, como Ele nos amou, ou melhor, como ainda nos ama.


                      Talvez você já tenha sido perguntado sobre isso, mas é válido perguntar outra vez: você não acha que está carregando uma bagagem pesada demais, em sua caminhada??? Você tem conseguido se focar em cuidar de sua própria cruz??? Você não acha que já tem problemas demais??? E por que procura mais problemas, então, se mal consegue cuidar dos seus??? O que falta para você começar a desatar os nós ou cortar as amarras que comprometem seu plano de voo e impedem você de focar aonde quer ou deve chegar??? Sendo assim sua vida, você não percebe que tem vivido de maneira muito errada, que seu trabalho não tem sido abençoado e que seu esforço tem sido em vão??? Não percebe que, quanto mais rico, mais pobre você fica???





### ### ### ###





Nenhum comentário:

Postar um comentário