O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Christmas time is here again - The Beatles

Desejamos um Feliz Natal e um 2018 de bênçãos.

Desejamos um Feliz Natal e um 2018 de bênçãos.
Que não se percam os verdadeiros sentidos do Natal e da vida.

Boas festas

Boas festas
Desejamos um Feliz Natal e um 2018 de bênçãos.

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

(Re)abertura


              "Eu tenho tanto prá lhe falar, mas com palavras não sei dizer como é grande o meu amor por você..."


              Peço perdão por minha ausência prolongada ao serviço aqui. Estava forçosamente ocupado, rearrumando a casa. A saudade é grande, e tenho muito a escrever e desabafar. Por isso, começa a postagem, neste clima romântico. Tomo as palavras acima como uma declaração de amor e de dedicação aos leitores deste blog.


             Há tempos, reconheço a necessidade de me dedicar mais a este espaço, o que me faria muito bem, do ponto de vista terapêutico. Tenho muitas historias que vivi ou das quais tomei conhecimento para contar, muitos livros que li e muitos filmes que vi para comentar e muitas noticias dos jornais para criticar. Enfim, preciso de mais tempo para mim. Preciso amolar meu machado.


             Por que (re)abertura? Você já deve ter observado que há momentos na vida em que somos expostos à algumas revelações que nos são colocados como oportunidades de abertura e de mudanças em nossas vidas, porque nos chamam à reflexão. Se tomamos ou não tomamos alguma atitude, a partir desses momentos, aí já são outros quinhentos.


             Foi o que aconteceu comigo, há cerca de dez anos, quando fui ao cinema ver um longa metragem em cartaz chamado O Todo Poderoso. Tratava-se de um filme estrelado por Jim Carrey, que interpretava um repórter de TV pouco prestigiado, vivendo com pouca qualidade de vida e com muita insatisfação em seu trabalho. Ele vivia blasfemando contra Deus, atribuindo-Lhe a culpa por tudo que dava errado em sua vida, até que, um dia, o próprio Deus aparece-lhe personificado, na pessoa do personagem de Morgan Freedman, e lhe propõe um desafio: assumir Seu lugar, durante uma semana. Então, o ingênuo Bruce Nolan aceita o desafio, acreditando que seria moleza estar no lugar do Criador. Logo, começa a sentir a diferença, ao perceber que tem poderes sobrenaturais surpreendentes, e passa a utilizá-los em benefícios próprios e de alguns de seus entes queridos. Entretanto, Nolan não tarda a perceber também que o uso inconsequente desses poderes tem consequências desastrosas, ao tentar desequilibrar o Universo em seu favor, e que esses poderes não são tão ilimitados quanto parecem. Nolan percebe também que estar na posição de Deus também exige responsabilidades, compromissos e obrigações com as quais nenhum ser humano estaria apto a lidar. Enfim, Nolan aprende que cada um sabe onde o sapato lhe aperta, onde os verdadeiros milagres e a felicidade surgem e, assim, adquire uma nova visão do mundo.


             Nas postagens vindouras, conversaremos mais sobre outras aberturas em minha vida, após contatos intelectuais de grau indeterminado com as mídias escritas e audiovisuais.


*******


Nenhum comentário:

Postar um comentário