Missão

Nossa missão: Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Display

FELIZ PÁSCOA!!!

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Translate us (traduza-nos)

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

domingo, 23 de abril de 2017

Notícia que mexeu com todo o Brasil



                   Você soube do caso de um consagrado ator de TV que foi acusado de assédio sexual por uma figurinista de sua emissora de TV. O caso mobilizou toda a opinião pública contra ele, inclusive com protestos de atrizes e colegas de trabalho na mesma emissora. Aqui não cabe julgar valores ou apontar quem está com a razão. Aqui cabem apenas algumas colocações pertinentes sobre as atitudes das pessoas em suas relações com seus pares.


                   O referido ator é bastante conhecido por seus personagens marcantes nas novelas em que atuou, os quais, geralmente, eram homens de meia idade com fama de galanteadores e bem sucedidos com as mulheres ao redor, sendo, em geral, infiéis com suas esposas. Até que ponto as vidas do ator e de seus personagens se confundem??? Quanto de cada um daqueles personagens há em cada homem??? Seria mais um exemplo de vida que imita a arte???


                   Sem querer desacreditar nas palavras de alguém que teria se sentido agredida, de alguma forma, o que não deixa de ser um fato grave, mas aqui cabem alguns questionamentos. Se a vítima tem tanta certeza em suas acusações, por que ela não se reportou as autoridades policiais??? Houve testemunhas??? Por que somente agora surge outra atriz acusando-o??? Existindo dúvida por parte das acusadora, se o caso chegasse à polícia, poderia haver uma aparente injustiça, como no caso de um consagrado cantor sertanejo que chegou a ser denunciado por agressão pela sua esposa grávida, sendo que ela voltou atrás com sua palavra, mas já era tarde. O caso seguiu adiante para a Justiça.


                   De qualquer maneira, foi louvável, humilde e madura a atitude do ator, em se manifestar por meio de uma nota ao público, prestando os devidos esclarecimentos e admitindo que errou, de alguma forma, em alguns momentos, no trato com mulheres em geral, admitindo-se também como machista. Quiçá ele também tenha reconhecido, embora depois de muito tempo, que colocações inadequadas diante de determinadas pessoas e em circunstâncias inadequadas podem acabar muito mal interpretadas. Deve-se tomar cuidado com o que se diz ou se faz a alguém, para não vir a ferir esse alguém. Esta é a melhor lição que todos os envolvidos e os que tomaram conhecimento do fato devem guardar.

                   Pense nisso e tenha um bom final de feriado e uma boa semana.



--- # --- # ---



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moral da história

Moral da história