Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.

Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Diploma



                         Há alguns meses, um conceituado técnico de futebol e ex-jogador, após seu time conquistar um título, em entrevista coletiva, emitiu uma declaração polêmica: "Quem precisa aprender, estuda, vai pra Europa... Quem não precisa vai pra praia. Eu falo isso, e muitos criticaram. Disseram: estão trazendo um treinador que estava jogando futevôlei... Eu pergunto, e agora? E ai? Futebol é como andar de bicicleta. Quem sabe, sabe. Quem não sabe, vai estudar". Ou seja, ele quis dizer que um bom técnico de futebol se faz apenas com o conhecimento prático adquirido em campo, sem a necessidade de cursos teóricos sobre futebol e de certificados. Com o êxito de seu time e com essa declaração, talvez ele quisesse dar uma boa resposta àqueles que não queriam dar crédito ao seu trabalho como técnico, devido à sua aparente falta de know-how para assumir o comando de um time.



                         As pessoas que não possuem diplomas não são necessariamente ignorantes, porque elas também dispõem de algum conhecimento e sabedoria, de acordo com seus níveis de instrução e vivências pessoais, e elas também têm, portanto, algo a ensinar. No entanto, entende-se que todo profissional, seja qual for sua área de atuação, sempre deve partir em busca do auto conhecimento e do aperfeiçoamento, não apenas como profissional, mas também como pessoa, para sempre dispor de algo a oferecer e para não perder seu espaço no mercado de trabalho e no mundo, ser atropelado pelos demais e acabar ficando para trás.

                         Pense bem a respeito e tenha um bom feriado.


--- # --- # ---



2 comentários:

  1. Certa vez, ouvi de um dito patrono da educação do Brasil (que muitos contestam) que não há saber mais ou menos: há saberes diferentes. Por muito tempo foi uma afirmação incontestável, mas este caráter inquestionável tem sido criticado.
    Acredita-se que há uma espécie de desestimulo ao estudo ou desvalorização do esforço do aperfeiçoamento. Após 50 anos de sócio construtivismo na educação brasileira, temos avaliações pífias em avaliações como o PISA.

    ResponderExcluir