O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Christmas time is here again - The Beatles

Desejamos um Feliz Natal e um 2018 de bênçãos.

Desejamos um Feliz Natal e um 2018 de bênçãos.
Que não se percam os verdadeiros sentidos do Natal e da vida.

Boas festas

Boas festas
Desejamos um Feliz Natal e um 2018 de bênçãos.

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Compensação


                    Depois de passado mais um período momino, juntamente com a ressaca, vem a seguinte reflexão: você já parou para pensar porque as pessoas consomem bebidas contendo álcool??? 


                    Sim, estamos falando dele mesmo, do álcool, aquele mesmo composto químico orgânico, mais precisamente um hidrocarboneto, que, por exemplo, na forma de um gel, pode ser utilizado para higienização das mãos ou de objetos, e que, na forma de um líquido, pode ser utilizado para abastecer veículos automotores, uma opção a ser considerada, em tempos de crises na Petrobras cursando em aumentos sucessivos no preço da gasolina.


                    O que chamamos genericamente de álcool na verdade, mais precisamente, chama-se etanol ou álcool etílico, um composto orgânico cuja molécula (CH3CH2OH) é uma cadeia linear formada por dois átomos de carbono ligados entre si e sendo um deles ligado a um radical químico chamado hidroxila, que é formado por um átomo de oxigênio e um átomo de hidrogênio (-OH).


                    Esta reflexão foi motivada por um convite para beber daquelas cervejas ditas "sem álcool". Serão elas, de fato, totalmente livres de álcool e tão inocentes a ponto de ajudar alguém a passar no teste do bafômetro??? Sendo verdade, seriam elas liberadas para consumo, por exemplo, por parte de fiéis das religiões evangélicas e muçulmanas, cujas doutrinas proíbem seus seguidores de consumir bebidas alcoólicas??? 


                    As pessoas consomem bebidas alcoólicas basicamente para obter algum retorno, que seria, inicialmente, a sensação de prazer, por exemplo. Depois, há quem beba um pouco mais para tentar esquecer seus problemas e tentar diminuir o peso sobre si mesmo(a) e tentar refrigerar a mente e o coração


                    Há quem beba mais ainda para tentar sentir-se encorajado(a) a investir em uma conquista amorosa, por exemplo, mas pode acabar perdendo o controle da situação, pagando altos micos e fazendo coisas das quais sentir-se-á arrependido(a), caso venha a se recordar delas ou, pelo menos, venha a sentir as consequências delas, logo mais, como sair conduzindo um carro ou uma motocicleta e causar um acidente com vítimas fatais no caminho, por exemplo.


                    Quando se extrai o etanol de uma bebida, o que resta??? Qual é a graça de se ingerir uma bebida alcoólica sem álcool??? Além do sabor desagradável, no caso de uma cerveja sem álcool, por exemplo, nada resta além do aparente charme de estar sentado(a) à mesa de um restaurante bebendo algo, além de ter algo preenchendo o copo que não seja água, na hora do brinde. No entanto, existem as alternativas dos coquetéis de frutas e doces sem álcool, por vezes servidos em festas de casamentos, por exemplo.


                    Sempre que se discute algo a respeito de bebidas alcoólicas, em princípio, o papo parece engraçado, mas alcoolismo não é brincadeira. O etanol é uma substância perigosa, pois seu consumo e seu uso indevido podem trazer dissabores para quem usa, bem como para seus familiares e para a comunidade. Todos que passam por problemas ligados ao etanol deveriam procurar a ajuda certa no tempo certo. Lembre-se de que o etilismo, além de se tornar uma prisão, pode levar você à prisão, literalmente.


                    Esperamos que você tenha voltado sem cometer excessos no Carnaval e disposto a manter sua retidão de conduta, sem causar estragos para si mesmo(a) e para seus pares em qualquer época do ano, ao ponto de cair em uma blitz, como um sujeito que teve o azar de cair em duas no mesmo dia, em Brasília, por exemplo. Caso não se sinta capaz de tomar as seguintes medidas de segurança, melhor não se aventurar. Se optar por consumir cerveja com álcool mesmo, por exemplo, faça-o com responsabilidade. Deixe as chaves de seu veículo fora de seu alcance e pare de beber no momento certo, porque, se você passar do ponto, além de não conseguir seu objetivo final, ainda pode perder as melhores partes da festa, de tão ébrio que estará e talvez passando mal num banheiro.


                     Voltaremos a discutir sobre o alcoolismo e discutiremos também sobre o tabagismo e a possível legalização de outras drogas psicoativas, lícitas ou ilícitas. Discutiremos, entre outras coisas, o fato de substâncias como o etanol e o tabaco, por exemplo, serem consumidas tão à vontade na frente de crianças, servindo-lhes de mau exemplo logo para a adolescência, antes mesmo de chegar à fase adulta.



                    À propósito, esta postagem foi parcialmente redigida e composta sob influência etílica, o que pode justificar o fato de ela ter se estendido além do previsto, por ter se aprofundado tanto em detalhes científicos.




                    Aqui vão um abraço e um brinde ao casal Amanda e Cleyton. O sheik do sertão nordestino uniu-se recentemente à gerente de seu harém de uma mulher só. Aqui vão um abraço e um brinde também ao amigo Paulo Roberto, que esteve correndo no mato, não necessariamente à serviço, no mais recente feriado.
 


                    Tenha um bom domingo. Aprecie-o com moderação, para não retomar os trabalhos amanhã muito cansado(a).
                 



************







Nenhum comentário:

Postar um comentário