O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 31 de dezembro de 2017

Final de expediente



                       O ano caminha a passos cada vez mais largos para seu termo. Faltam menos de 24 horas para que um novo ano se descortine. Você se sente como se estivesse sentado em seu escritório, matando tempo até chegar a hora de bater seu ponto, deixar seu local de trabalho e, quem sabe, cair numa happy hour. Não é esperado que algo tão relevante e surpreendente venha a acontecer, neste final de expediente. Então você já começa a arrumar suas coisas para partir.


                       Esperamos que, para o seu próximo expediente, você possa dar um novo significado aos sentidos de seu trabalho e de sua vida, conseguindo separá-los. Porque, outrora, você obtinha não apenas sustento mas também alegria e satisfação com seu trabalho, embora permitindo que eles se misturassem demais. O que houve??? Esperamos que você não cometa excessos, nesta raspa do tacho de 2017, para que sua vida tenha um próximo capítulo, onde deve surgir a resposta para a pergunta acima e, quem sabe, outras respostas que você procura. 


                       Este ano já deu o que tinha que dar. Considere-se um sobrevivente de um ano que já vai tarde e que não deve deixar muitas saudades. Um ano em que, como nunca antes visto na história do país, o poder público quis fazer os cidadãos de bobos, tentando fazê-los acreditar que está tudo bem, mesmo sendo vigiados, vilipendiados, espoliados e violentados. Um ano em que, como jamais visto na história do Ceará, matou-se tanta gente, como se matassem animais. Foram contabilizados mais de 5 mil homicídios registrados no Estado. Há cerca de dez anos, o Estado onde mais se matava era outro. 


                       Por essas e outras, aceite logo os nossos cumprimentos e tenha um feliz 2018, quando tudo deve mudar, a depender de suas escolhas.



#####



Nenhum comentário:

Postar um comentário