Para refletir e ter uma Feliz Páscoa!

O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 24 de setembro de 2017

Corta prá cá



                   Depois de um breve hiato, pedimos que cortem prá nós as câmeras, porque vamos retomar nossos trabalhos e porque uma das maiores atrações do jornalismo brasileiro, o sr. Marcelo Rezende, saiu de cena, há cerca de uma semana, e foi para a oficina de Deus (ou para a farmácia de Deus, como ele mesmo chegou a dizer).



                   O blog Jardim das Garrafas Digitais não poderia deixar de fazer referência a essa eminência do jornalismo investigativo e de prestar-lhe uma breve homenagem. Ele, com seu trabalho, procurou transformar o Brasil, denunciando mazelas causadas pela ingerência do poder público em prover segurança aos cidadãos, a ver se um dia essas denúncias chegariam aos ouvidos de alguém que fosse capaz de mudar essa realidade e tornar o Brasil um lugar mais justo e mais seguro.


                    Vivemos num país de contrastes, onde, por exemplo, aqueles que tentam construir algum futuro para si mesmos e para os seus pares vivem às expensas da Divina Providência, quando nela creem, mas sempre indefesos e vulneráveis às intempéries causadas por uma banda podre da sociedade formada por seres que, considerando-se vítimas dela, insistem em viver às margens dela, como parasitas e predadores dela, por acreditarem que não têm futuro e que, consequentemente, nada têm a perder, querem destruir o futuro da coletividade.


                    Para tentar lidar melhor com esse tipo de gente, fazem-se necessárias não apenas a ampliação do policiamento ostensivo, mas também mudanças na legislação criminal com urgência, em nível nacional, além de uma profunda reestruturação das polícias judiciárias estaduais, que são as polícias civis, responsáveis pelo trabalho de inteligência, investigação, coleta de provas para posterior apresentação ao Poder Judiciário e a busca e prisão dos autores dos crimes, depois que eles passam.


                    Explosões de agências bancárias acontecem em praticamente todos os Estados brasileiros. A diferença é que, em Estados do Sudeste e do Sul, por exemplo, na madrugada seguinte à cada ataque à banco, a Polícia Civil vai buscar cada um dos autores em suas casas e retirá-los das camas. Enquanto isso, no Ceará, por exemplo, para a maioria desses casos, não há investigação e busca dos responsáveis.


                    Cientes desse calcanhar de Aquiles nos aparatos policiais de muitos Estados do Norte e do Nordeste, facções criminosas consagradas no eixo Rio-São Paulo estão expandindo seus negócios para aqueles Estados, conquistando a adesão de alguns criminosos locais à causa deles e fomentando a concorrência de outros, gerando em Fortaleza, por exemplo, um banho de sangue irrefreável e sem precedentes. Pessoas estão matando pessoas como se matassem animais, como se o Quinto Mandamento tivesse sido revogado, porque acreditam que aquelas vidas ceifadas nada significam, que são apenas mais números perdidos no meio das estatísticas, que ninguém fará nada por aquelas vidas perdidas, enfim, que não vai dar em nada.


                    Alguém tem dúvidas de que a insegurança e a violência no Brasil em geral estão fora de controle??? Alguém tem dúvidas de que estamos vivendo em um mundo apocalíptico??? Por essas e outras, seguimos aqui fazendo o nosso metiê da melhor maneira possível, botando o carimbo de exclusivo, porque dá muito trabalho fazer o que fazemos por aqui. Então, corta prá, prá ver se conseguimos cortar o mal pela raiz, um dia.

                    Tenha uma boa noite e uma boa semana, se puder.



--- # --- # ---



Nenhum comentário:

Postar um comentário