Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.

Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 23 de julho de 2017

Nação laboriosa



                   Como foi aprovada recentemente pelo Congresso Nacional a proposta de reformas na legislação trabalhista que devem mexer profundamente nas relações de trabalho, aproveitamos o ensejo para lançar algumas reflexões sobre a importância do trabalho em nossas vidas. Aqui não cabe julgar se essa reforma trabalhista é justa, lícita, moral e ética ou não, mas, apesar de as mudanças aprovadas não terem saído tão draconianas como o esperado e de elas terem pontos positivos e pontos negativos, ainda está evidente que querem implementar leis condizentes com as realidades de países de primeiro mundo num país de terceiro mundo. A justificativa de seus idealizadores é que a legislação trabalhista brasileira precisa ser atualizada e modernizada. O mesmo fizeram com a legislação de trânsito, há quase vinte anos. Se vai dar certo ou não, só o tempo dirá.



                   Qual é o verdadeiro sentido do trabalho? Por que praticamente todos trabalhamos? Estamos trabalhando para nós mesmos, para nossos parentes e aderentes, para nossos clientes, para nossos patrões, para a comunidade ou para o Estado? Trabalhamos por trabalhar para meramente garantir o sustento e a sobrevivência ou para obter algo a acrescentar em nossas vidas e nos faça crescer e sair do lugar? Trabalhamos com um objetivo bem claro de chegar a algum lugar bem estabelecido ou deixamos o trabalho cair na rotina e se tornar um círculo vicioso? Independentemente de você haver trabalhado hoje ou não, seu dia valeu a pena???


                   Entendemos que cada um sabe onde o sapato lhe aperta e tem lá suas restrições à execução de qualquer tipo de trabalho e obtenção de renda para sustento próprio, o que levaria muitos a buscarem serviços de saúde públicos e privados a fim de chancelar um bom motivo para tentar se esquivar de suas obrigações, mas se faz necessário que o poder público, independentemente de ideologias político-partidárias, comece a fomentar a geração de mais empregos e uma cultura do trabalho no Brasil. Não é que o brasileiro seja preguiçoso por natureza, mas as pessoas precisam ser devidamente capacitadas e incentivadas a trabalhar, ao contrário do que se fazia até pouco tempo atrás, quando muitos eram contemplados por programas sociais e de redistribuição de renda, ou vislumbravam a possibilidade de vir a ser contemplados, e acabaram meio que se acomodando e esperando que as coisas caiam do céu, de uns tempos para cá.


                   Você não deve se expor durante muito tempo aparentemente de braços cruzados para que não pensem que você está fingindo que está trabalhando. Ainda mais quando se encontra numa posição relativamente privilegiada em relação ao restante da sociedade, podendo, na maior parte da semana, se permitir acordar um pouco mais tarde e sair de casa um pouco mais tarde. Você também já não pode mais se permitir cochilar sob a sombra de um carvalho, contando carneirinhos, que poderiam vir a ser seus filhos, até que lhe caia na cabeça uma laranja com sabor de leite, e você desperte para a vida. Porque o mais importante agora é tentar canalizar sua mente pelos melhores caminhos possíveis. Não adianta se afobar, porque você não vai conseguir resolver logo todos os seus problemas de uma vez hoje. De qualquer maneira, não deixe de pensar em Deus um só dia e de ter em mente que Ele está sempre por perto observando seus passos e cuidando para que seu dia sempre termine bem e você siga sobrevivendo da melhor forma possível. Portanto, continue trabalhando e vendendo seu produto.

                   Tenha uma boa semana.



--- # --- # ---



Nenhum comentário:

Postar um comentário