Viva São João!!!

Viva São João!!!
Felizes Festas Juninas.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 15 de março de 2015

Fazendo a diferença



“Vós ouvistes o que foi dito: ‘Amarás o teu próximo e odiarás o teu inimigo!’ Eu, porém, vos digo: Amai os vossos inimigos e rezai por aqueles que vos perseguem! Assim, vos tornareis filhos do vosso Pai que está nos céus, porque ele faz nascer o sol sobre maus e bons, e faz cair a chuva sobre os justos e injustos. Porque, se amais somente aqueles que vos amam, que recompensa tereis? Os cobradores de impostos não fazem a mesma coisa? E se saudais somente os vossos irmãos, o que fazeis de extraordinário? Os pagãos não fazem a mesma coisa? Portanto, sede perfeitos como o vosso Pai celeste é perfeito”. 
Mateus 5, 43-48


                     A mensagem a ser deixada com essas palavras é uma só: procure fazer a diferença no mundo, dentro de suas possibilidades, pois isso há de lhe ser cobrado, cedo ou tarde. Como lembrou o papa Francisco, não seja indiferente ao que acontece ao seu redor.


                     Como fazer diferente, para o mundo??? Você deve, por exemplo, distanciar-se ao máximo da beligerância ou de gente beligerante. Todas as vezes que estender uma de suas mãos para a frente ou na direção de alguém, que seja para cumprimentar, acolher ou ajudar. Como foi dito, deve-se evitar a guerra, porque, quando se deflagra uma guerra, deve-se estar preparado para levá-la às últimas consequências.


                     Se você aderir aos protestos previstos para hoje, seja indo às ruas ou apenas por meio das mídias sociais, que seja para manifestar seu descontentamento com o status atual do Brasil e com o descaso a que todos os brasileiros estão sujeitos, pois a maioria vê que algo está errado. Não podemos esperar que os políticos façam uma reforma política de bom grado. Devemos fazê-la nós mesmos. Portanto, não espere algo extraordinário, como um impeachment, por exemplo, pois, até o momento, por meio de trâmites legais, faltam subsídios suficientes para que a gestão atual seja convidada a se retirar do governo. Como você já deve saber, embora muitos nomes de indivíduos ligados ao presente governo constem naquela lista de quem deve ser investigado por envolvimento no esquema de corrupção na Petrobras, o nome da presidente não consta, o que deve dificultar sua saída do governo, embora seu presente mandato tenha começado muito mal. Embora nunca se tenha visto tanta gente presa por corrupção no Brasil, isso não quer dizer necessariamente que o governo atual seja justo e honesto, e ainda há muito a ser melhorado.

                     Como fazer diferente, para si mesmo(a)??? Você deve, por exemplo, evitar chorar para conseguir tudo que quiser, como se fosse uma criança, e só deve fazer as coisas que realmente quiser ou julgar importante fazer, e não à força, só para agradar aos outros ou por falta de opção.

                     Como diziam Conde de Monte Cristo e Emily Thorne, ambos renascidos das cinzas como Fênix, mantenha os amigos por perto, e os inimigos, mais perto ainda. Este é um dos principais motivos para a maioria de nós ainda se fazer presente nas redes sociais, por exemplo.


                     Tente descobrir aonde foi parar aquele amor que você sentia, ou pelo menos acreditava ser capaz de sentir, pela humanidade. Você ainda não deixou de ser humano e não se transformou completamente numa máquina ou em outra criatura qualquer, mas seus sentimentos parecem estar mais inclinados a satisfazer segundas, terceiras ou enésimas intenções.


                     Sugerimos que adira ao minimalismo. Resuma sua bagagem o máximo possível. Aonde for, faça como os mochileiros ou os militares em campanha, que carregam apenas o essencial para a sobrevivência, ou seja, a vida (quase toda) numa mochila.

                     Você deve também tentar cortar seu cordão umbilical com o passado, pois, se parar e chorar pelo leite derramado, ou seja, refletir sobre o que fez ou deixou de fazer, sentir-se-á cada vez mais desmotivado(a) e voltará a lamentar o tempo perdido. Mantenha o foco no mais importante, olhando apenas para frente, mesmo que alguns fantasmas do passado ainda venham lhe assaltar. 


                     Você até que poderia ter feito mais e melhor, se tivesse aproveitado adequadamente o tempo e a passagem pelos lugares por onde passou, mas nem tudo está perdido. Como foi dito, todo dia é um bom dia para um novo recomeço, quando se acredita que a vida ainda tem jeito. Portanto, trabalhe com o que ainda tem em suas mãos.
                     
                     Tenha um bom e diferente domingo, se possível.




### ### ### ###




Nenhum comentário:

Postar um comentário