Verbo

"E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade."

João 1:14

Boas Festas

Boas Festas
Desejamos a todos um Feliz Natal, um 2019 de bênçãos e vidas plenas de sentidos.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Missão

Nossa missão: Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

Paul McCartney - Simply Having A Wonderful Christmas Time

Feliz 2019

Feliz 2019

domingo, 1 de abril de 2018

Via Sacra da indiferença



                           O quadro A Flagelação de Cristo, do italiano Piero della Francesca, que viveu na cidade de Urbino, no século XV, está dividido em três planos. No primeiro plano, três homens conversam aparentemente indiferentes ao que acontece no segundo plano, onde Jesus Cristo está sendo flagelado, porém observado por um anjo. Em terceiro plano, há um homem sentado num trono, que representaria Pilatos. Note que a indumentária dos personagens não é compatível com a da época de Jesus. Uma das teorias elaboradas na tentativa de explicar o significado da imagem defende que ela representaria a indiferença de muitos em relação aos sofrimentos e às mortes de pessoas inocentes e batalhadoras, que se encontrariam aqui representadas por Cristo.


                           Você já reparou que, em feriados religiosos como a Semana Santa, por exemplo, muitos brasileiros se comportam com mais indiferença que o habitual, não atinando para o verdadeiro significado desses dias??? São dias que só existem porque alguém se permitiu ser humilhado, torturado e brutalizado, para os brasileiros e a humanidade tivessem vida. Depois disso tudo, ainda ressuscitou, para que outros pudessem ressuscitar. Entretanto, além de não darem a devida relevância a esse fato, muitos brasileiros mais uma vez se entregam aos excessos e ao descuido consigo mesmo e com os seus pares.


                            Os brasileiros, em geral, somos egoístas e hipócritas. Não sabemos nos portar como cristãos verdadeiros, a não ser nos momentos mais difíceis, e olhe lá. Nos feriados, principalmente, costumamos esquecer as mazelas da nação. No cotidiano, costumamos ser indiferentes não apenas com o sofrimento de Cristo por nossa culpa, mas também com o sofrimento de nossos semelhantes, principalmente aqueles que estão ao nosso lado, passando privações, com fome ou sede, doentes e sentindo muitas dores.


                            A Palavra diz: Preparem o caminho para o Senhor e abram estradas retas para Ele passar” (Mc 1,3). Muitas vezes, acontece o contrário. Nós é quem esperamos que Ele pavimente os nossos caminhos, principalmente nos momentos mais difíceis de nossas vidas. Momentos esses nos quais, por vezes, sem precisarmos nos manifestar, Ele nos carrega em Seus braços, como naquele sonho das pegadas na areia da praia.


                            Talvez você também tenha sido vítima de alguma injustiça ou da indiferença por parte de alguém. Talvez você não esteja vivendo da maneira satisfatória que esperava viver um dia. Talvez esteja carregando dentro de si uma mistura de sentimentos e emoções que não consegue traduzir adequadamente em palavras, dentre eles a culpa por ter feito alguma escolha impensada que o conduziu por alguma vereda e que trouxe consequências para si e terceiros. Por que você não ignora tudo isso e não busca abrir um caminho novo para você mesmo???



                            Desejamos que cada um possa repensar suas atitudes, não apenas com relação ao significado dos dias que estamos atravessando, mas também com relação a quem sofre do nosso lado. Quem se considerar cristão que analise se seus pensamentos, suas palavras e suas posturas são compatíveis com essa condição. Tenham todos uma Boa Páscoa, na esperança de que ela seja uma passagem para uma nova fase da história do Brasil e, quem sabe, da humanidade.



#####



Nenhum comentário:

Postar um comentário