O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 27 de março de 2016

Procrastinadas, mas nunca esquecidas



Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea. 
Gênesis 2, 18


          Antes de as águas de março nos deixarem em definitivo, o blog Jardim das Garrafas Digitais não pode deixar passar em branco o Dia Internacional da Mulher, transcorrido recentemente, embora esteja puxando uma reflexão um pouco atrasado.


          Você deve se recordar que, ano passado, houve um grande alarido em torno de temas abordados nas provas do ENEM, como, por exemplo, uma frase de Simone de Beauvoir e a violência contra a mulher. Como dito, a abordagem desses temas foi vista de maneira equivocada, como oportunista e politiqueira. Qual o problema em discutir tais temas, se eles são verdadeiramente tão relevantes e atuais???


          Você deve se recordar, por exemplo, do caso de uma modelo e bailarina cearense radicada em São Paulo, que foi assassinada pelo namorado, durante o feriado do Dia de Finados passado próximo. Nada justifica o que se fez com ela. O fato de ele ter passado alguns dias recolhido ao apartamento da vítima, depois de tê-la matado, além de ter banhado e maquiado o cadáver nesse ínterim, não quer dizer necessariamente que ele tivesse um transtorno psiquiátrico que o tornasse incapaz de responder por suas atitudes. Quiçá fosse algum fetiche reprimido. Quiçá ele quisesse tripudiar da vítima, como se dissesse algo como "agora eu posso fazer com você o que eu quiser, e ninguém vai me impedir".


           De casos como esse, fica a lição de que precisamos aprender a ver as mulheres não como objetos ou nossas posses, mas como seres humanos e criaturas autônomas concebidas para ser essencialmente nossas parceiras. Precisamos também aprender a nos aproximar delas com respeito, pelo menos, e também com um pouco de amor e tentar agradá-las, dentro dos limites do bom senso, sem sufocá-las e sem impingir-lhes mais sofrimentos à contragosto.


           Desejamos uma Feliz Páscoa, um bom domingo a todos e que Deus continue sempre lhes abrindo novas portas e novos caminhos.



--- # --- # ---



Um comentário: