Para refletir e ter uma Feliz Páscoa!

O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O começo do fim??!!



                       O ano da graça(?) de 2018 já não começou muito bem. O ano novo começou com cara de velho, ainda não deu tempo para assimilar tanta coisa que já aconteceu, e muitos não mais poderão acompanhar o transcorrer do tempo em sua integralidade. Para eles, o mundo já acabou. Para quem segue adiante, o mundo, tal como o conhecemos, parece estar cada vez mais perto do fim também, inevitavelmente. Até aqui, a humanidade progrediu, sob alguns aspectos, como nos campos das ciências e das tecnologias, por exemplo, mas observe também que cada vez mais têm crescido as iniquidades e as desigualdades pelo mundo afora. Assim, os ganhos que a humanidade obteve, ao longo de sua história, acabaram não sendo distribuídos adequadamente e acabaram não chegando a todos os seres humanos. Cada vez mais pessoas têm praticado algum mal contra o próximo, em nome da sobrevivência, optando por ganhar a vida às custas da miséria alheia, por vezes devastando a natureza, sem se preocupar com as consequências de seus atos.



                       Enquanto o mundo civilizado afora se desmancha diante de furacões e de terremotos, sendo açoitado por forças da natureza que fazem o ser humano se sentir muito pequeno, porque nada pode fazer contra elas, a não ser correr ou se esconder,  e nações ficam medindo forças, se engalfinhando com palavras, ostentando seus arsenais bélicos e ameaçando irem às vias de fato, o Brasil está sendo cada vez mais flagelado por consequências diretas de ações danosas do próprio ser humano. Portanto, o brasileiro não pode se permitir o luxo de dizer que está numa posição confortável e livre de catástrofes naturais, eventuais e esporádicas, pois está sujeito à coisas muito piores. A pior ameaça à sobrevivência do ser humano no Brasil não são essas reações efêmeras e devastadoras do planeta. São a violência e a corrupção perpetrados pelo próprio ser humano contra seus próprios semelhantes contínua e diariamente que fazem o brasileiro ter medo de sair de casa para fazer o que for e que fazem ele viver pagando cada vez mais caro para sobreviver e com uma qualidade de vida cada vez medíocre. Porque faltam recursos e interesse do poder público em fazer melhor pelo povo brasileiro. O descaso generalizado com a vida humana parte do próprio Estado, mesmo quando se trata das vidas de seus próprios agentes, que viram bodes expiatórios quando agem e causam indiretamente mortes de civis inocentes.


                       O que se pode dizer de uma terra onde os criminosos, de tão bem armados, de tão bem prestigiados e de tão bem posicionados geograficamente, já estabelecem as suas leis e praticamente governam o Brasil por feudos, fazendo o Estado parecer pequeno perante eles e incapaz de enfrentá-lo??? O que dizer de um lugar onde pessoas aparentemente de bem, sem registros na polícia, se associam com gente diretamente ligada ao submundo do crime, para conseguir seus objetivos, se envolvendo numa viciosa troca de favores??? O que dizer de um Estado que não consegue manter a ordem e a segurança, porque não consegue se impor diante dos criminosos e não consegue mantê-los em seu devido lugar, mesmo quando estão dentro das prisões??? O que dizer de um Estado que, de tão fragilizado por parasitas, de tão indolente, de tão incompetente e de tão ineficiente em honrar seus compromissos, já está sob a ameaça de uma nova intervenção militar??? Estariam esses militares que se apresentam como salvadores da pátria em potencial realmente preocupados com o bem da nação ou estariam mesmo preocupados com seus interesses pessoais??? Será que precisamos mesmo de mais uma intervenção militar para tentar restaurar a ordem e a segurança no Brasil??? Ou precisamos mesmo de uma intervenção divina e definitiva para o mundo inteiro, algo que já vem sendo prometido e profetizado, há tempos???



                       Tenha um bom restante de ano, enquanto puder e enquanto houver noite para dormir e dia para trabalhar.





#####



Nenhum comentário:

Postar um comentário