Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.

Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Trem bão



          Ilustramos a postagem de hoje com uma canção do Trem da Alegria, grupo musical infantil que fez sucesso na década de 1980, não apenas por ser o Dia da Criança, mas também porque esta música tem algo a ver com a mensagem principal que pretendemos passar. Hoje, queremos dizer que democracia é bom, porém excesso de democracia, por meio de pluripartidarismo e de demagogia, pode transformar liberdade em libertinagem política, dar margem ao surgimento de uma ditadura ideológica de uma minoria e predispor ao abuso de poder por parte desta.


          À título de ilustração, a coligação pela qual o prefeito da quinta maior capital brasileira está pleiteando reeleição, em segundo turno, conta com nada menos que 18 partidos e ela já conseguiu abocanhar 31 dos 41 assentos na câmara municipal. Contendo maior número de partidos e, consequentemente, maior número de candidatos à vereador, era de se esperar que a tal coligação obtivesse maior número de votos válidos para o legislativo municipal, vindo, portanto, a se beneficiar com as regras dos quocientes eleitoral e partidário e conquistando o direito de reservar mais cadeiras na câmara municipal. De qualquer maneira, eles não estão cometendo crime algum, embora suas atitudes sejam moral e eticamente questionáveis. A culpa não é deles. São nossas leis e nossos costumes que dão cabimento a esse tipo de conduta.


          Assim, parece fácil para o (e)leitor entender porque tanta gente querendo estar do mesmo lado, supostamente o lado vencedor, disputando espaço sob a copa da mesma árvore, querendo viver da sombra do poder e de água fresca, tirando uma casquinha sobre a carne seca, cada um pensando no seu. Então, todos à bordo desse infame trem da alegria, rumo ao poder.
     

          Então, o que resta fazer com essa informação, quando não se dispõem de esclarecimento e de discernimento suficientes??? Cada um colhe o que planta e recebe o que merece, conforme seu nível. Quem quiser elevar-se espiritual e intelectualmente, sem tolerar oportunismos, ostentações ou baixarias e levando o bem estar comum à sério, assim o fará, ao contrário de quem preferir continuar chafurdando na lama. Assim, ao fim deste ano, alguém deve abrir um vinho caro ou uma bebida qualquer para celebrar ou deve chorar como um bebê.

          Tenha um bom feriado, se puder. 


--- # --- # ---


Nenhum comentário:

Postar um comentário