Viva São João!!!

Viva São João!!!
Felizes Festas Juninas.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Um passeio pela vida



         Depois de algum tempo aparentemente ausente e distante de si mesmo, mas não necessariamente ausente e distante da vida, você retorna às suas atividades habituais trazendo novas ideias, porque, na verdade, você estava apenas dando um passeio, (re)vendo a vida por outros ângulos e fazendo novas descobertas.


         Você percebe, por exemplo, que, apesar de não ter vivido tantos anos tão bem como gostaria e deveria ter vivido, nada foi em vão, e você ainda saiu no lucro. Como foi dito, não importa se você deu um passo adiante ou um passo atrás. O importante é que você saiu do lugar, e, de um jeito ou de outro, Deus o ajudou a chegar aonde chegou e a conquistar o que conquistou, embora por vezes você pense que não merecia tanto. Portanto, não se culpe, se não fez bom uso de seu tempo, ao longo dos anos, como gostaria e deveria ter feito. Reconheça que seu rendimento tem melhorado e você continua em busca de novos paradigmas para a vida.


          Seus anos de vida foram, portanto, bem vividos, pois, de um jeito ou de outro, você já chegou a algum lugar, embora ainda não saiba ao certo aonde quer ou deve chegar, mas segue fazendo como teria dito a presidente da República afastada, com relação à meta do PRONATEC, quando teria dito que ainda não sabia ao certo qual seria a meta, mas, quando a atingisse, dobra-la-ia.


          Não pense mais tanto no passado, porque ele já está bem sedimentado e solidificado. Sua história é o que ela é, e não há mais como modificá-la, mas ainda é possível trabalhar o seu futuro. Não pensemos mais 1996, por exemplo. Pensemos 2016. Ou melhor, devemos desde já começar a pensar 2017. Logo, pela mesma razão, não tem sentido ficar se remoendo pelo que se fez ou se deixou de fazer, mesmo há algumas horas, porque isso não há de alterar os fatos.


          Admita que você já aprendeu que, para cada pessoa que lhe virou as costas ou que não permitiu sua aproximação, outras dez vieram em seu socorro, prestigiar você ou oferecer amizade, porque você não precisa mendigar a atenção, a consideração e o amor de quem quer que seja, porque você não vai encontrar essas coisas entre os mortos e porque você não é mais uma criança para chorar, se não o convidarem para uma festinha, por exemplo. Aqueles que rejeitaram você fizeram-lhe um julgamento preconceituoso, acreditando que você nada tivesse a lhes oferecer de interessante, mas eles haverão de se arrepender por isso, em breve.


          Aprendeu ainda a não se impressionar mais tanto com certas coisas, porque certas coisas nunca se impressionaram com você porque nunca o pensaram como alguém interessante. Muitas vezes, a opinião de uma pessoa ou de um pequeno grupo de pessoas sobre você não merece ser tomada como referência e, portanto, não merece relevância. As opiniões delas são gotas no oceano.


          Finalmente, aprendeu a não depositar tanto sua segurança, sua paz e sua felicidade em bens materiais, pois, como já dito, rico de verdade não é quem tem mais bens materiais, mas outras formas de patrimônio, principalmente espiritual e sentimental.



          Enfim, reconheça que seus anos de vida foram de muito aprendizados, que deve ser a sua verdadeira riqueza. Encerramos esta postagem de retorno saudando o dr. Tony Harrison, um dos principais colaboradores deste blog, por mais um ciclo terrestre completado, no dia 1°. Pela mesma razão, saudamos também o time de futebol Ceará Sporting Clube, no dia 2, o saudoso Chico Branco, brilhando em sua eternidade, no dia 3, e o pequeno João Gabriel, contando apenas dois aninhos de aprendizado, no dia 4. Muita saúde e alegria de viver, a todos, e sejamos sempre muito gratos a Deus pelo dom da vida e por ter nos conduzido até aqui pelas mãos, de uma forma ou de outra. Aproveitamos o ensejo para prestar nossas condolências pela partida para a oficina de Deus do ex-pugilista americano Cassius Cley, mais conhecido mundialmente como Mohammed Ali. Preocupa-nos o fato de que, por vezes, as pessoas precisam morrer para serem lembradas e devidamente reconhecidas.



--- # --- # ---



Nenhum comentário:

Postar um comentário