Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.

Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
Tire o pé do acelerador e redimensione sua vida.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

domingo, 28 de dezembro de 2014

Éden 2



Criança de 9 anos em aula de tiro atinge instrutor com tiro na cabeça


            É nisso que dá essa cultura de ensinar crianças a atirar ou a andar armadas. Cultura essa que não existe apenas no Brasil e que não é voltada somente a cooptar e instruir crianças a cometerem crimes. 


            Nos Estados Unidos, por exemplo, muitos cidadãos têm como opção de lazer para os finais de semana levar os filhos para acampar numa floresta, onde eles, além de aprender a pescar, vão se divertir atirando com rifles, fuzis, espingardas e outras armas de cano longo em tudo que se move, no céu, na terra e na água, mas que não seja humano.

            Um erro de quem é adepto dessa prática é achar que os animais das florestas não merecem respeito como criaturas vivas, mas que foram postos lá apenas para servirem como alvos para deleites e descargas das raivas e das frustrações cotidianas de caçadores amadores, que não precisam abater animais para comer, mas apenas para treinar a pontaria.


            Somos nós, seres humanos, os principais culpados por tragédias como aquela anunciada no cabeçalho, com nosso direito autoproclamado de nos considerarmos os donos do mundo, com o direito de decidir sobre a vida e a morte de outras espécies de seres vivos e de decidirmos como queremos arrumar esta grande casa coletiva, que é o planeta Terra, coisa que deve nos deixar prepotentes e arrogantes, como já foi dito.

            O problema da nossa relação com o mundo vai além do uso da força bruta e de armas de fogo contra outros seres vivos, inclusive deflagrando guerras frequentes contra outros seres humanos. Como já foi comentado, nossos problemas também se baseiam em como destruímos florestas e poluímos rios, mares, céus e terras para gerar riquezas para públicos restritos. Ou seja, estamos destruindo nossa casa, aos poucos, para gerar riquezas, mas não a reconstruímos adequadamente.

            Tenha um bom domingo, mas cuidado prá não atirar em algo ou alguém.




************




Nenhum comentário:

Postar um comentário