O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

sábado, 5 de julho de 2014

Dia DQ mesmo?


                       No último dia 6, foram lembrados os setenta anos do famoso "Dia D", dia escolhido pelas tropas aliadas para atacar a Normandia, litoral norte da França, iniciando a tomada da Europa e a ofensiva final contra as forças nazistas. Foi na madrugada de 06 de junho de 1944 que tropas britânicas, norte-americanas, canadenses, francesas (da parte da França que não foi ocupada) e de outras nações aliadas desembarcaram por mar e por ar e começaram a enfrentar os alemães que ocupavam a região.



                       Doravante, o termo "Dia D" passou a ser empregado também para designar uma data em um futuro próximo para a qual está agendado um evento importante que requer envolvimento dos membros de um agrupamento qualquer, como uma empresa ou de uma comunidade, por exemplo, e que deve gerar mudanças profundas nas vidas profissionais, coletivas e individuais dos mesmos. 

                       Muitas pessoas escolhem como seu "Dia D" o dia em que fazem aniversário. Para elas, o aniversário seria como o começo de um Ano Novo. Cria-se uma oportunidade para um novo (re)começo, com a criação de resoluções, seguida pela tomada de decisões e de atitudes. Essas são etapas necessárias para que se mantenha alguma regularidade no cotidiano, mas sem cair na rotina.
                      
                       O "Dia D" pode chegar de improviso, naqueles dias em que o sujeito acorda animado e decidido a resolver alguns problemas pendentes, visando melhorar sua qualidade de vida, principalmente quando estimulado por uma xícara de café quente e forte e pelas necessidades de preencher uma sensação de vazio e de, concomitantemente, descartar excessos de peso, no corpo, na mente e na alma.

                       Quando será seu próximo "Dia D"??? Qual o dia que você estabeleceu para começar a pôr em prática algum projeto de vida pessoal ou profissional??? Qual o dia que você agendou para começar a tomar uma atitude positiva diante da vida???




************





Nenhum comentário:

Postar um comentário