Viva São João!!!

Viva São João!!!
Felizes Festas Juninas.
O Profeta diz a todos: "eu vos trago a verdade", enquanto o poeta, mais humildemente, se limita a dizer a cada um: "eu te trago a minha verdade."

Mario Quintana

Editorial

Embora o Brasil não esteja em uma boa fase de sua história e não esteja sendo bem administrado, retroceder ao passado, principalmente àquele passado mais remoto e sem resultados satisfatórios para a coletividade, não é a solução.

Uma geração acreditou que, quando a oposição chegasse ao poder, finalmente, sentir-se-ia representada. Votou em um candidato à presidente que caiu e se levantou, algumas vezes, mas agora já não sabe mais em quem confiar, porque não há mais representações legítimas, para os trabalhadores e os estudantes. Existem apenas partidos para representar seus próprios interesses ou defender os privilégios de seus aliados diretos.

Dar vazão às mentes e às vozes que querem questionar e repensar o Brasil de uma maneira distinta, objetiva e imparcial. É para isto que estamos aqui.

Display

Pesquisar neste blog

Inscreva-se e siga nossa newsletter

Translate us (traduza-nos)

sábado, 11 de janeiro de 2014

Pé quente




                          Há alguns anos, um deputado federal notabilizou-se por ter ganho dinheiro na loteria mais de uma vez. Poderia ter sido apenas sorte associada com coincidência??? Poderia, mas aquele fato que acabou caindo no ostracismo não deixou de pôr, mesmo que temporariamente, em xeque a credibilidade do certame.


                          Dizem que Brasília seria a cidade que mais reuniria vencedores da Mega Sena. Não chega a ser surpreendente, se levar em conta que seria uma das capitais onde mais se apostam nas loterias. Logo, a probabilidade de mais jogadores brazilienses acertarem as dezenas nas loterias seria maior. Justiça seja feita. Eles merecem, pois Brasília ainda seria considerada uma das cidades mais caras do Brasil, onde as atividades econômicas seriam pouco diversificadas e onde não haveria outra maneira mais eficaz de levantar algum patrimônio e de garantir a sobrevivência que não fosse por meio do serviço público, preferencialmente federal.

                          Deve ser por isso que vemos tanta gente nas redes sociais se gabando por ter ido morar lá, com família e tudo, ou pelo menos por ter sobrevivido lá, durante alguns dias, na condição de turistas. Seja como for, essa gente encara o fato de ter pisado o solo "sagrado" da capital federal como "uma conquista de vida". Temos que levar em conta também que, nas redes sociais, muita gente adora aparecer e faz de tudo para aparecer, expondo sua rotina ao máximo. Depois conversamos mais sobre isto.



**********